A Glutamina é um Suplemento Eficaz?

O presente artigo informativo sobre os suplementos de glutamina faz referência a todos os aspectos essenciais que deve saber. Caso tenha quaisquer dúvidas relativas à informação apresentada nesta página, coloque-a através do nossa pagina de contato.

Uma visão geral sobre a glutamina

No mundo do culturismo, a glutamina é conhecida como sendo um dos melhores suplementos no mercado. Trata-se de um aminoácido “não essencial”. “Não essencial” não significa que não seja essencial, mas sim que o organismo humano o produz naturalmente. 60% da glutamina produzida pelo organismo encontram-se nos músculos esqueléticos e os restantes 40% nos pulmões, no fígado e no estômago.

Tem uma estrutura molecular única com 2 cadeias laterais de nitrogénio, o que faz com que seja o transportador primário de nitrogénio para as células musculares.

Nos últimos dois anos, ganhou importância graças a estudos que revelaram a sua contribuição singular para a síntese proteica (crescimento muscular), o seu efeito anti-catabólico (previne a desagregação do tecido muscular) e os seus elevados efeitos em termos de crescimento hormonal. Devido a estes efeitos, a glutamina desempenha um papel importante no nosso organismo, auxiliando a recuperação das células musculares.

Em circunstâncias normais, o organismo humano é mais do que capaz de produzir glutamina necessária suficiente, mas, nalguns casos, é necessária mais do que aquela que é produzida pelo organismo – fala-se, então, em depleção de glutamina. Esta pode ser causada por doenças, tais como um resfriado comum, queimaduras extensas, cirurgias, etc. A outra principal causa de depleção é o exercício físico intenso.

O que faz?

Conforme mencionado anteriormente, durante períodos de doença ou a prática de exercícios físicos intensos o organismo necessita de um maior nível de glutamina. As células do sistema imunitário dependem da glutamina que é a sua fonte primária de energia. Quando adoece ou se lesiona, o seu sistema imunitário reage, e, por conseguinte, necessita de mais. As pessoas propensas às doenças, ou que residem em áreas onde existem doenças, tendem a necessitar de suplementos de glutamina para manter um sistema imunitário saudável.

Este suplemento também promove a retenção de nitrogénio e previne a perda de proteínas musculares. Durante os primeiros minutos de treino, os músculos começam a libertar glutamina. Se os seus níveis forem demasiado baixos, os músculos poderão adoptar um estado catabólico (depleção). Em casos extremos, isso pode resultar na perda muscular. E também amplamente responsável pelo transporte de nitrogénio pelo organismo durante a prática de actividades físicas intensas. Um equilíbrio positivo de nitrogénio e altos níveis de glutamina representam um critério necessário para ganhar massa muscular.

Por que razão o corpo necessita de glutamina

O organismo humano usa-a para transportar amónia e nitrogénio por todo o organismo através da corrente sanguínea, pelo que o organismo procura manter sempre um nível constante no sangue. Os sistemas imunitário e digestivo necessitam deste aminoácido. O sistema digestivo tenta, muitas vezes, obter o suficiente para fazer frente a uma dieta rica em proteínas.

Os músculos são a maior fonte de glutamina para o organismo. 60% de toda a glutamina produzida pelo organismo encontra-se nos músculos. Quando uma pessoa realiza uma actividade física intensa (treino), necessita de níveis superiores àqueles produzidos pelo organismo. Se o organismo não obtiver o necessário através da corrente sanguínea, irá buscá-la onde esta se encontra armazenada, ou seja, nos músculos e enviá-la-á para a corrente sanguínea, pelo que é nestas circunstâncias que os suplementos são necessários.

A suplementação com este aminoácido é sobretudo necessária logo após um período de treino intenso. Os níveis podem diminuir até 50% após um treino intenso. Quando o tecido muscular estiver esgotado (a seguir ao treino), a glutamina torna-se então necessária para levar proteínas para as células musculares onde será sintetizada para o crescimento muscular. Se o corpo for forçado a produzir a sua própria glutamina, isso levará várias horas, ou mesmo dias, até que os níveis voltem ao normal.

Qual é a melhor hora para tomar?

Estes suplementos são necessários quando os níveis produzidos pelo organismo são baixos, e estes diminuem após uma actividade física intensa pelo que deverá tomar logo que possível após o treino. A maioria dos culturistas prefere acrescentar suplementos de glutamina ao batido que ingerem a seguir ao treino.

Benefícios para os culturistas

Eis alguns dos principais efeitos da glutamina que poderão melhorar a sua performance e ajudar o corpo a construir/restaurar músculos…

  1. Estimula a síntese das proteínas musculares, proporcionando nitrogénio para produzir proteínas.
  2. Reduz o tempo necessário para a recuperação muscular.
  3. Aumenta a produção de hormonas do crescimento e liberte-as.
  4. Diminui o catabolismo muscular durante o exercício.
  5. Aumenta a resistência, repondo o glicogénio em situações em que se verifica uma depleção de glicogénio.
  6. Diminui as probabilidades de doença/infecção, reforçando o sistema imunitário.
  7. Previne o treino excessivo de cargas elevadas e actividades de longa duração.

Para que estes efeitos se verifiquem, a ingestão de glutamina deve ser superior aos níveis necessários e produzidos pelo organismo. A quantidade de glutamina de que necessita depende da actividade física e do seu efeito no organismo.

A glutamina tem efeitos secundários?

Numa única palavra, não. Este suplemento é totalmente seguro.

Benefícios adicionais

Conforme mencionado nesta página, a glutamina é o principal combustível do sistema imunitário e um combustível secundário do sistema digestivo. Assim, os possíveis benefícios adicionais poderão incluir os seguintes:

  1. Reforçar o sistema imunitário que se torna, assim, menos propenso a doenças e infecções.
  2. Reverter alguns dos danos intestinais causados por anti-inflamatórios.
  3. Melhorar o estado de espírito.
  4. Contribuir positivamente no âmbito de doenças neurodegenerativas.
  5. Auxiliar a memória a curto e longo prazo.

Qualquer pessoa pode tomar?

As pesquisas demonstram que as pessoas diabéticas devem ter cuidado uma vez que metabolizam a glutamina de forma anormal. Recomenda-se que, caso seja diabético(a), consulte o seu médico antes de tomar qualquer suplemento de musculação.

Leave a Reply